Igreja de Santa Bárbara

(post em 26/02/2014)


DSC02075 A igreja de santa Bárbara, incialmente, fazia parte do conventos das salesianas, protegido pela rainha Bárbara de Bragança. Sim, Bragança, pois a princesa era portuguesa e se casou com o rei espanhol Fernando VI. A fundação foi inaugurada em 1757. Dizem que d. Bárbara não era afeita a vida da corte e passava longo tempo ali em oração.

 

DSC02078O templo é de estilo barroco, com duas torres e está localizada no meio de uma jardim. No interior se admira a extraordinária cúpula pintada e colunas de mármore verde e rosado; além de outras pinturas que formam as capelas laterais. Além disso, abriga o mausoléu de dois soberanos: o rei Fernando VI e sua esposa, Bárbara. Quem mandou construí-los foi Carlos III, irmão e sucessor de Fernando VI, pois este não teve descendência. O túmulo da rainha, Bárbara, está agora em uma capela privada e não é possível visitá-lo.

DSC02088A tumba do rei, entretanto, se encontra ao lado da capela do Santíssimo e é lindamente decorado em mármore, guardado por anjos e ladeado por duas estátuas, uma delas representando a Fortuna. Um dos anjinhos chora desconsolado a morte do soberano. No final do séc. 19, as religiosas foram expulsas dali. O convento passou a ser o palácio de Justiça, mas a igreja se transformou em paróquia e é possível visitar todas estas maravilhas gratuitamente.

 

Aproveite e visite também o Instituto Francês de Madri, atrás da igreja.


 

Quando ? Segunda a sexta – 09:00 a 13:00 e 17:00 a 20:00. Sábados e vésperas de feriados: 10:00 a 13:00 e 18:00 a 21:00. Domingos e festas de preceito: 10:00 a 14:00 e 18:00 a 21:00.

Onde? Calle del General Castaños, 2 . Metrô Colón L4.

 

 


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers