Museu ABC

(post em 19/01/2015)


Madri não deixa de me surpreender. Neste fim de semana descobri um museu dedicado ao desenho e à ilustração, o Museu ABC, que está instalado na antiga fábrica de cerveja Mahou. Eu, que não sei desenhar nem uma casinha com o sol brilhando, acho o máximo quem sabe se expressar retratando o cotidiano numa folha de papel.

Antes de prosseguir um esclarecimento: a Espanha tem dois grandes jornais: El País e ABC. Ambos representam parte da esquerda e da direita espanhola e isso fica muito claro nas matérias publicadas. Fundado em 1903, o jornal ABC teve sua primeira redação na calle Serrano onde hoje fica um shopping com uma cobertura muito agradável e com uma vista fantástica da cidade. O ABC foi um dos jornais mais vendidos do país e contou com o craque Antonio Mingote nas suas páginas, dentre outras celebridades das letras e do desenho.

DSC07158

Assim, a fábrica da tradicional bebida foi inteiramente adaptada para dar espaço à salas de exposições, livraria, salas de reunião e auditórios inteiramente dedicados ao desenho e à ilustração contemporânea. Aberto em 2010, o museu está situado perto da Plaza de Espanha e ao lado do Centro Cultural Conde Duque e desta maneira é possível fazer uma belo programa cultural pela zona só gastando a sola do sapato, pois a entrada é gratuita.

Quando visitei à instituição estavam lá as exposições do ilustrador francês Benjamin Lacombe sobre o livro Madame Butterfly. No segundo andar, sob patrocínio da instituição e do banco Santander, o desenhista José Luiz Serzo, mostrava suas obras em lápis sobre papel onde no meio de tantas figuras sempre estava ele mesmo e sua filha. Fiquei brincando de encontrar os dois no melhor estilo “Onde está o Wally?.”

DSC07190 DSC07192

Mas a grande atração estava no subsolo onde havia uma exposição sobre Francisco Sancha, um caricaturista do começo do século 20 que colaborou com diversas revistas madrilenhas. Sancha gostava de sair pela cidade e retratar os tipos madrilenhos da época como a vendedora de castanha, os últimos cocheiros e as babás que levavam as crianças ao Parque do Retiro.

DSC07220

Todas essas exposições são temporárias, pois o museu não expõe nenhum acervo permanente. De qualquer maneira, pela qualidade do que estava ali, acredito sempre vai ter algo bom acontecendo por ali. Aproveite!

Onde? Calle Amaniel, 29. Metrô: San Bernardo (linha 2 e 4), Noviciado (linha 2), Ventura Rodríguez (linha 3) e Plaza de España (linha 3 e 10).

Quando? Terça a sábado 11 a 20 hs. Domingo: 10 a 14:00h

Quanto? Gratuito


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers