Museu ICO

(post em 03/09/2014)


O museu do Instituto de Crédito Oficial foi inaugurado em 1996 e é um ilustre desconhecido inclusive para os madrilenhos. O objetivo foi abrir um espaço que abrigasse as coleções de pintura e esculturas contemporâneas espanholas que pertencem a este organismo do governo. O grande destaque do acervo é a La Suíte Vollard de Picasso, onde o artista retratou uma série de desenhos sobre o mito do minotauro. Infelizmente, esse tesouro agora está emprestado a instituiçoes como o museu Reina Sofia ou fica viajando emprestada para centros culturais do mundo inteiro.

DSC02794

Atualmente, o foco das salas de exposição des museu que está praticamente ao lado do museu Thyssen-Bornmisza é a arquitetura. Esta aparece em trê vertentes principais: o papel da arquitetura frente aos grandes problemas e desafios, a arquitetura e o urbanismo a partir da ótica da fotografia, as grandes figuras, escolas e correntes da arquitetura contemporânea.

DSC02796

Quando visitei o museu estavam exibindo a série “Fotografia e arquitetura moderna na Espanha – 1925-1965.” A mostra reunia uma série de fotos em preto e branco de edificações como cinemas, edifícios comercias e residenciais, novas propostas arquitetônicas antes e depois da Guerra Civil. A foto acima retrata o cine Velussia aberto em 1933, na Gran Vía, 76 e que funcionou até 2005. O cinema mudou de nome e direção em 39 e ficou conhecido como cine Azul; e hoje, o prédio dá lugar a uma loja de roupas.A exposição faz parte do Photo España e fiquei muito grata em poder aprender um pouco mais sobre a história do país através de imagens e contruções.

Onde ? C/ Zorrilla, 3. Metrô Sevilla e Banco de España, L2.

Quando ? De terça a sábado 11.00 – 20.00 h. Domingo e feriados: 10.00 – 14.00 h.

Quanto? Gratuito

 

 


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers