Museu Thyssen-Bornemisza

(post em 13/12/2013)


DSC06294 O museu Thyssen-Bornemisza é o terceiro vértice do triângulo das artes madrilenhas junto ao museu do Prado e o Reina Sofia. O acervo já foi considerada a coleção de arte privada mais importante da história e tem sua origem em 1928, quando o barão de mesmo nome resolveu investir sua fortuna em obras de arte. Obrigada! Adoro quando os ricos fazem isso!

Se você precisar de uma guia brasileira em Madri, posso vistar este museu com você.

O filho continuou e aumentou a coleção. Instituições e governos começaram a crescer o olho e propor a compra, mas o barão estipulava tantas condições para a venda de seus quadros que várias ofertas foram rechaçadas. Após muita negociação, o governo espanhol comprou a fabulosa coleção e a instalou no palácio de Villahermosa depois que este foi devidamente adaptado às funções de museu. Pronto. Estava aberto, em 1992, o museu Thyssen-Bornemisza que abriga de tudo um pouco e traz um belo panorama do mais representativo em história da arte. Há inclusive quadros de Franz Post retratando o nordeste brasileiro.

Para completar esta bela história, o barão se casou com uma espanhola, Carmem Cervera, que começou a montar sua própria coleção. Hoje ela está num museu de Málaga, mas também é exibida em Madri em regime de empréstimo. DSC06933

Como não poderia deixar de ser, a instituição abriga também exposições temporais e escrevendo essas linhas me dou conta que já fui a várias: Paul Gauguin, Edward Hopper e Pissarro. Sempre muito bem montadas e explicadas e, claro, com fila na porta. Vale a pena entrar na página do museu e se informar sobre o calendário.

A lojinha do museu também é um espetáculo à parte. Além das óbvias reproduções dos quadros que encontramos ali há a recreação em formas de jóias, roupas ou bolsas por artesãos que podem se tornar um presente ou uma lembrança de viagem bastante originais.

Quando ? De terça a domingo de 10h às 19h.

Quanto? Para a coleção permanente: 9 euros; para a exposição temporária geralmente custa: 6 euros (depende da exposição, óbvio).Quem tem MadridCard não paga.

Gratuito às segundas de 12h às 16h.

Onde? Paseo del Prado, 8


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers