O gosto moderno – a art-déco em Paris – El gusto moderno – El art-déco en Paris – 1910 -1935

(post em 10/04/2015)


Em cartaz na Fundação Juan March a exposição “El gusto moderno – el art-déco en Paris (1910-1935) onde são exibidas quadros, tecidos, móveis, vestidos e cartazes de espetáculos com a estética art-déco. Considerado por muito tempo como uma arte frívola por ser excessivamente “decorativa”, e posteriormente, burguesa, a art-déco ultrapassou as fronteiras parisienses e encontrou acolhida em várias cidades da Espanha. Barcelona é o exemplo mais óbvio, mas em Madri é possível contemplar vários edifícios com a mesma estética. Em Salamanca, há um museu dedicado ao tema. Como se vê, a Espanha também tem exemplos artísticos para todos os gostos.

7

A exposição pretende provar que sem o art-déco não se entenderia a modernidade e as vanguardas artísticas. Em um espaço excessivamente pequeno estão pendurados quadros de Picasso e Juan Gris e outros modernistas e é surpreendente a semelhança entre um e outro estilo que foram contemporâneos.

A mostra não se limita às obras de arte e foi colocada uma seção especialmente dedicada a moda onde se pode contemplar vestidos femininos de noite, chapéus, roupas de banho e roupões estampados e com corte geométrico de modo a desvelar o corpo desta nova mulher urbana que surgia. Na tela são exibidos trechos de filmes como Grand Hotel (1932). de Edmond Goulding, onde é possível apreciar mais exemplos de figurinos e móveis com marcado acento art-déco.

5

Dividida em várias partes, a mostra não só nos apresenta o estilo em si, mas recorda a exposição Internacional e a Colonial em Paris. Afinal, a cronologia da exposição abarca o entre-guerras e os impérios coloniais ainda não haviam desmoronado. Muitos artistas, então, buscavam inspiração na natureza selvagem da África para compor suas obras.

Igualmente, traz a publicidade da época e seus cartazes com desenhos de traço moderno e elegante a fim divulgar as viagens de navio e todo o luxo que significava – para quem pudesse pagar muito – cruzar os oceanos. Um carro esportivo azul faz a alegria dos saudosos pelas linhas arrojadas. Apesar de entender patavina sobre automóveis quis fazer uma homenagem a quem gosta de veículos e a fotos que abre este post é deste carrinho.

 

Onde? Calle Castelló, 77 – Metrô Nuñez de Balboa, L9 ou Lista, L4.

Quando? De 26 de março até 29 de junho. Segunda a sábado 11:00–20:00 h e Domingos e feriados: 10:00h–14h

Quanto? Gratuito

 


Compartilhe |


1 Comentário

  1. Sandra B. diz:

    Mais uma joia de Madrid!

    E de quebra uma cafeteria chique com um delicioso brownie!

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers