O vizinho curioso

(post em 20/11/2013)


DSC04699A antiga catedral de Madri ficava na calle de la Almudena. Como o templo não era digno de uma capital e já estava algo pequeno para os fiéis decidiram derrubá-lo. Sobraram as ruínas que estão protegidas por um vidro e uma maquete para conservar a memória da catedral.

Não consegui descobrir de quem foi a ideia, mas resolveram instalar uma escultura ali. Por isso, quando você sair da catedral em direção a Plaza Mayor, não esqueça de atravessar a rua e tirar uma foto com este senhor que contempla as ruínas da antiga catedral madrilenha. Trata-se da escultura “El vecino curioso”, de Salvador Fernandez Oliva, de 1997. Feita em bronze, com as mãos apoiadas na grade de proteção, de boina e com a perna direita cruzada, o homem parece vigiar os vestígios do templo.

Com uma postura tão desprotegida, digamos assim, já vi a turistada se aproveitar do menino. Tem gente que imita a pose, dá um abraço e aperta as bochechas; mas também tem gente que passa a mão nos glúteos da criatura e outras coisas menos publicáveis. Probrezinho!

A estátua integra os esforços do governo em dotar a cidade de obras de arte e o “vizinho” faz parte de um conjunto de anônimos que são homenageados por ser exatamente isso: pessoas comuns.Sobram em exemplos em Madri como o varredor de rua e o leitor que aos poucos vou mostrá-las para vocês. Elas integram a paisagem urbana e convivem lado a lado com reis, rainhas e militares provando que há espaço para todos.

Quem quiser saber mais da obra do escultor-engenheiro-pianista (este cara é bom) pode dar um click aqui:

http://salvadorfernandez-oliva.blogspot.com.es/


Ver mapa maior


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers