Plaza de España

(post em 09/07/2014)


DSC00513Ao final da Gran Vía está a plaza de España visita obrigatória para quem vem a Madri. Há sinais da praça desde o século 16, porém o traçado atual data do começo século 20 e o monumento a Cervantes só foi concluído após a Guerra Civil. O conjunto escultórico é uma homenagem ao maior escritor da língua castelhana quando se completou 300 anos de sua morte. Em um obelisco estiizado de quatro faces, Cervantes está sentado com as roupas de fidalgo e tem a expressão compenetrada. À sua frente, a figura do seu personagem mítico, Dom Quixote, montado em Rocinante e ao lado, evidente, está Sancho Panza. Nem preciso dizer que há fila para tirar foto ao lado dos cavaleiros e arrisco dizer que junto ao Urso Madronho, na Porta do Sol, deve ser a escultura mais fotografada de Madri.

DSC00514Nas outras faces do monumento estão conjuntos de figuras recordando outros contos do escritor como “La Gitanilla” e “Riconete y Cortadillo”, publicados nas “Novelas Exemplares”. Também se encontram ali alegorias da Literatura, do Misticismo e do Valor Militar. Não vai ser difícil reconhecê-las.

A praça acolhe shows de música e feirinhas de produtos orgânicos e artesanato; e ao redor da plaza de España estão várias atrações turísticas imperdíveis como o Museu Cerralbo, os Jardins de Sabatini, o templo Debob e um dos prédios cujo a fachada foi ilustrada por Mingote. E para quem gosta de cinema, não deixe de visitar uma livraria especializada no assunto, a Ocho y Medio, na calle Martín de los Heros, 11.

 


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers