Vecinos – teatro em Madrid

(post em 17/01/2016)


O bairro de Lavapiés está cheio de teatros pequenos onde é possível desfrutar de peças, shows e conferências por um preço razoável. Em cartaz no teatro El Umbral de la Primavera, a peça Vecinos*, encenada pela companhia L’Azotea Teatro, uma reflexão sobre os tempos de aparência que vivemos hoje.


Um dos maiores pecados do nosso tempo é a inveja. Desde que as redes sociais pela Internet foram criadas o ser humano experimenta este pecado capital com mais frequência. A peça “Vecinos” usa este sentimento tão negativo como detonador dos problemas do casamento entre Sílvia e Jerônimo, um retrato da geração que acredita que o consumo resolve todos os problemas existenciais. Sílvia desconta suas frustrações acumulando sapatos e conselhos de livros de auto-ajuda; enquanto Jerônimo está a par de todos os últimos modelos de televisores do mercado. Ambos também frequentam a academia e praticam esportes, mais pelo status que isso representa do que pela promessa de vida saudável.

Escrita por Alejandro Butrón (que também atua) e Andrés Galán, a peça “Vecinos” é baseada livremente no conto homônimo do americano Raymond Carver. Dirigida por Nacho León, Alejandro Butrón e Paula Grueso, dão vida aos múltiplos personagens que povoam a história com segurança e enfatizando os distintos registros de cada papel.

Vecinos 13

A peça discorre na intimidade do apartamento dos casais, na academia ou ainda nos sonhos de Silvia com o autor dos livros que lê, mas sempre num ambiente de intimidade onde o espectador e atores estabelecem cumplicidade de velhos camaradas. Não é difícil se identificar com os dilemas do casal que tem como principal assunto o novo catálogo de lojas de móveis e a última fofoca dos vizinhos abastados.

Este mundo aparentemente harmônico se deteriora quando Alberto e Elena pedem de Sílvia e Jerônimo cuidem do apartamento e da gata de estimação durante uma viagem. O casal adentra – literalmente – em este espaço sagrado que se tornou a casa. Estar ali, sem os proprietários, termina por sacudir a relação de Sílvia e Jerônimo que começam a imaginar como realmente seria a vida deles se vivessem naquele lugar. Presos nesta ilusão, o casal tenta escapar da armadilha mais comum da sociedade atual: a grama do vizinho será sempre mais verde, ainda que a custa de agrotóxico.


Vecinos

Onde? El Umbral de la Primavera. Calle de la Primavera, 11 – Metro: Lavapiés

Quando? 22 e 29 de janeiro, às 22:30.

Quanto? 12 (antecipado) e 14, na bilheteria.

Informação e reservas: 605 849 867. elumbraldeprimavera@gmail.com


Gostou? Descubra quanto custa ir ao teatro em Madri.


Compartilhe |


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Copyright © 2013 Rumo a Madrid

Criação e desenvolvimento Guttdesign

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers